• 212 100 733
  • 918 367 355

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes

  • Têm atendimento de urgência?

    Sim. Para além do horário de funcionamento regular onde se pode dirigir para o atendimento, dispomos de um número de contacto 24 horas todos os dias da semana: 924 457 688.

  • Existe a possibilidade de financiamento para tratamentos?

    Sim, existe essa possibilidade. Marque uma consulta de avaliação e conheça as condições especiais de pagamento.

  • Posso fazer uma consulta de avaliação? Quanto custa?

    Sim, existe essa possibilidade. Se no momento da marcação informar que pretende uma consulta de avaliação, teremos muito gosto em lhe providenciar uma consulta de avaliação por cortesia da clínica.

  • Têm Acordo Com Alguma Seguradora ou Subsistema De Saúde?

    Não. As seguradoras e subsistemas de saúde possuem taxas específicas de comparticipação e procedimentos quando se trata do reembolso das despesas. Geralmente as faturas são apresentadas pelos utentes às seguradoras ou subsistemas de saúde para serem reembolsadas posteriormente de acordo com cada caso.

  • Têm Protocolo Com Alguma Empresa?

    Sim. Temos protocolos com algumas empresas que permitem aos seus colaboradores e associados beneficiarem de condições vantajosas nos serviços de medicina dentária.

  • O que é um implante dentário?

    Um implante dentário é um dispositivo médico concebido para substituir a raiz dentária e através do qual podemos aplicar um ou mais dentes artificiais para substituir o(s) dente(s) perdido(s).

  • As Próteses totais removíveis (placas) podem melhorar sua estabilidade com o uso de implantes?

    Sem dúvida. As próteses totais passam a ser fixas devolvendo uma capacidade de mastigação comparada aos dentes naturais, o que minimiza os problemas gastrointestinais muitas vezes causados pela ingestão de alimentos mal triturados e um dieta pobre em fibras - por norma a dieta é adaptada a deficiência das próteses totais removíveis. Podemos considerar também a auto-estima e a auto-confiança como fatores importantes para essa opção de tratamento.

  • Quantas vezes por ano se deve fazer uma higiene oral?

    Aconselhamos que faça uma consulta de higiene oral pelo menos de 6 em 6 meses. Porém alguns fatores como o risco de cárie, doenças relacionadas com a gengiva e osso alveolar e hábitos pessoais de higiene oral podem interferir na frequência das consultas. Aconselhe-se com o seu médico dentista.

  • Quando devo trocar de escova de dentes?

    Em média a escova de dentes deve ser substituída a cada 3 meses, ou quando se verifica um desgaste excessivo das cerdas da escova. Quando as cerdas se desgastam perdem a sua eficácia. Uma escova de dentes nova pode eliminar mais placa que uma escova desgastada, melhorando a sua higiene oral.

  • O branqueamento dentário é um tratamento eficaz?

    Sim, é um tratamento eficaz. No entanto, os resultados variam de pessoa para pessoa, apesar de serem quase sempre bastante significativos. O médico dentista precisa de avaliar bem o seu caso e dar-lhe informação mais concreta. Está provado que mesmo em casos de pacientes com dentes escuros, podem-se obter resultados bastante satisfatórios. Os resultados do branqueamento dependem dos hábitos, da alimentação e da própria estrutura dentária de cada paciente.

  • Pode existir cárie em dentes desvitalizados?

    Sim, pode. Os dentes que sofreram tratamento endodôntico (dentes desvitalizados) são dentes que apenas perderam os seus nervos e vasos sanguíneos, mantendo-se a sua restante estrutura intacta (esmalte e dentina). Por isso, podem sofrer lesões de cárie tal como os dentes vivos, sendo necessário uma higiene oral igualmente cuidadosa e eficaz.

  • Com que idade devem os meus filhos ir ao dentista?

    A primeira consulta de medicina dentária deve ser efetuada após os surgimento dos primeiros dentes para que se proceda uma avaliação inicial assim como dar a conhecer aos pais cuidados de higiene oral e medidas de prevenção no campo da alimentação e no controlo de hábitos (chuchar no dedo, chuchar na chupeta, entre outros).

  • O que são selantes dentários?

    Os selantes são resinas fluidas aplicadas nas fossas e fissuras dos dentes para promover o selamento das mesmas, prevenindo o surgimento de cáries nas superfícies dentárias onde são aplicados.

  • As mulheres grávidas podem ir ao dentista?

    Sim podem, inclusivamente no caso de necessitarem de anestesia, porque uma infeção oral é mais prejudicial para o bebé do que o tratamento dentário. O anestésico utilizado, assim como o plano de tratamento devem ser específicos e adequados a essa fase. O ideal é fazer uma consulta de medicina dentária antes da gravidez a fim de evitar infeções orais durante este período.

  • A que se deve o mau hálito?

    A halitose é consequência de um desequilíbrio do organismo e um sinal de que algo necessita ser identificado e tratado. Existem mais de 50 causas de halitose e em aproximadamente 90% dos casos a origem é oral. Pode ser de origem fisiológica (hálito da manhã, jejum prolongado, dietas inadequadas), razões locais (má higiene oral, placas bacterianas retidas na língua ou amígdalas, baixa produção de saliva, doenças da gengiva), ou mesmo razões sistémicas (diabetes, problemas renais ou hepáticos, prisão de ventre e outros).

  • 1