• 212 100 733
  • 918 367 355

Endodontia

Endodontia

Endodontia é a especialidade da medicina dentária responsável pelo tratamento de patologias da polpa dentária (nervo) e de todos os tecidos periapicais.

O tratamento endodôntico (ou desvitalização) é indicado em casos de alterações por cárie profunda, fraturas dentárias, desgaste severo, trauma dentário, de entre outras indicações.

 

 

O objetivo deste tratamento é manter o dente na cavidade bucal e a saúde dos tecidos periapicais, excluindo a necessidade de extração.

Um problema endodôntico pode manifestar-se por diversos sintomas:

  • A dor espontânea;
  • A sensibilidade prolongada ao frio e/ou ao calor;
  • O desconforto ao toque e mastigação;
  • ... outros.

 

De entre os sinais mais comuns, pode-se incluir também a presença de abcesso ou fístula (pequena bolha de pus na gengiva), o que pode indicar uma infeção no osso ao redor da raiz do dente.

Aliada à rápida evolução nas técnicas e materiais existentes na medicina dentária, tornou-se possível a remoção do nervo infetado e o preenchimento do canal já limpo com materiais apropriados ao selamento e desinfeção do mesmo.

 

Como é feito o tratamento?

A endodontia ou desvitalização é um processo que pode ser concluído apenas numa sessão, mas podem ser necessárias várias sessões, dependendo do caso.

  • Após anestesia local, cria-se um acesso à polpa (nervo), removendo-se também todo o tecido cariado e/ou material restaurador necessário.
  • De seguida retira-se todo o tecido da polpa dentária presente na raiz ou raízes; em casos de retratamento são removidos os materiais de obturação colocados anteriormente.
  • Para finalizar o canal ou os canais do dente são cuidadosamente preparados, desinfetados e preenchidos com material de obturação ( Gutta Percha) e cimento, promovendo assim um selamento do canal ou canais radiculares.

 

Na Via Oral utilizamos equipamentos avançados para este tipo de procedimento:

 

 

 

Marcar consulta